sábado, 31 de julho de 2010

luz

Algum dia pretendo correr mais que o sol
Luzes que cegam, cartas que desorientam
Todas as músicas tocam em dó
A alegria de um dia poder não ter então
E saber que não mais estarei só
E junto ao teu corpo estará a minha mão

Um comentário:

Carol de bem com a vida disse...

Estou aqui !!!
Beijos sua linda ...