quinta-feira, 27 de maio de 2010

sábado, 8 de maio de 2010

nem sempre as coisas se movem

Eu sei o que você quer.
Mas nem tudo no mundo muda
Eu sei pelo que você reza
Mas algumas coisas são inertes
Então, entenda de uma vez por todas
As minhas palavras não são nuas.

terça-feira, 4 de maio de 2010

Cansada....

"Ah! eu estou tão cansada!
Cansada dessa eterna gangorra emocional ...
cansada do interminável sobe e desce, da expectativa, da inquietude, da agitação... cansada de ser sacodida pro alto toda vez que sinto a ponta dos meus pés tocarem de novo o chão...
cansada dos infinitos altos e baixos dessa constante montanha russa em que descarrila o meu coração...
cansada de saber que vou despencar violentamente depois de cada longa e lenta subida e cansada de me sentir parada no meio de um gigantesco looping, num túnel que não tem saída...
cansada de me sentir só com tanta gente à minha volta...
cansada do dolorido grito inaudível que ecoa dentro de mim quando tudo ao meu redor é silêncio...
cansada desse pandemônio em minh'alma mesmo quando a paz me circunda...
cansada desse imenso vazio que preenche todo o meu ser..."
fragmento de um texto de Vanda Vasconcelos