sexta-feira, 21 de novembro de 2008

traição

tudo o que eu queria
era minha metade
o que tive foi a pífia
verdade de uma maldade
acabada pronta jogada
passo então a verdade
para sempre verdade
por que a mentira ala
voa a espera da rodada
perfeita em sua crueldade
a espreita de uma derrocada
o oponente então sangra
por honesto ser
e reclama por agora viver
sem a sua verdade

Nenhum comentário: